segunda-feira, 11 de julho de 2016

INSCRIÇÃO VESTIBULAR SERIADO 2016

ATENÇÃO! 

As inscrições para o Vestibular Seriado já estão abertas. Para isso siga as orientações abaixo. Lembrando que o período de inscrição é o seguinte:

Vestibular Seriado: 11/07 até 12/08/2016
Solicitação de isenção (candidatos com o NIS): de 11 a 15/07/2016
Taxa de pagamento: R$ 90,00 com pagamento até o dia 16/08/2016

Acesse o site e leia as dicas de inscrição: Lembrando que isso vale para todas as turmas de 1º, 2º e 3º ano.
DICAS PARA INSCRIÇÃO SSA1

DICA PARA INSCRIÇÃO SSA2

DICA DE INSCRIÇÃO SSA3

Em seguida leia os manuais de inscrição:

MANUAL SSA1

MANUAL SSA2

MANUAL SSA3


Depois realize sua inscrição:

http://processodeingresso.upe.pe.gov.br/


Boa sorte a todos!




segunda-feira, 9 de maio de 2016

INSCRIÇÃO DO ENEM 2016 - DE 09 A 20 DE MAIO

Para realizar sua inscrição acesse o link abaixo:

http://enem.inep.gov.br/




Para que serve o Enem?
Criado para avaliar os conhecimentos dos estudantes que concluíram o ensino médio, a prova também substitui vestibulares no acesso a instituições federais de ensino superior. No entanto, essa não é sua única função.
As notas do Enem podem ser usadas por quem tem mais de 18 anos para obter a diploma do ensino médio. Também são exigidas para o candidato que pretende uma bolsa de estudos pelo ProUni ou financiamento estudantil pelo Fies.
O Ciência sem Fronteiras é outro programa federal que pede boas notas no exame nacional como critério de seleção.
Veja abaixo as funções do Enem e suas regras:
Seleção para universidades
As notas do Enem são usadas para selecionar alunos para as vagas em universidades federais e outras instituições de ensino.
As universidades podem usar o Enem como único método de seleção, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), ou fazer uma combinação entre as notas do Enem e seu vestibular próprio. O Sisu já recebeu a adesão da maioria das universidades e institutos federais e, na última edição, ofereceu mais de 205 mil vagas.
Programa Universidades Para Todos (Prouni)
Para disputar uma bolsa de estudos do Prouni, que varia de 50% a 100% do curso de uma instituição de ensino superior privada, o candidato precisa ter obtido nota mínima de 450 pontos no Enem e não pode ter zerado a redação. Na última edição do programa, foram ofertadas 213.113 bolsas em 1.117 instituições.
Financiamento Estudantil (Fies)
Estudantes que concluíram o ensino médio a partir de 2010 e querem solicitar o Fies devem ter feito Enem, caso contrário, não poderão solicitar o benefício. A partir deste ano, o candidato precisa ter obtido 450 pontos no exame nacional e não pode ter zerado a redação.
Pelo Fies é possível financiar os cursos de graduação bem avaliados junto ao MEC. A taxa de juros é de 3,4% ao ano para todos os cursos. Ele pode ser solicitado pelo estudante em qualquer etapa do curso e em qualquer mês.
Seleção para ensino técnico (Sisutec)
Quem estiver interessado em uma vaga gratuita de cursos técnicos oferecidos em instituições públicas e privadas pelo Sisutec deverá ter feito as provas do Enem. As notas no exame serão usadas para classificação dos concorrentes.
Ciência Sem Fronteiras
O programa do governo federal oferece bolsas de estudo para intercâmbios no exterior destinado a alunos de graduação e pós. Para participar da seleção de bolsas durante a graduação, é preciso ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2009 e conseguido a média mínima de 600 pontos. Os candidatos também são avaliados de acordo com seu aproveitamento acadêmico na universidade.
Certificação para o Ensino Médio
Quem tem no mínimo 18 anos e não concluiu o ensino médio pode conseguir a certificação por meio do Enem. A pontuação mínima é 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e 500 pontos na redação.

terça-feira, 5 de abril de 2016

MEC lança programa de preparação para o Enem

Hora do Enem" inclui simulados, plataforma online de estudos e programa de TV

da redação | 05/04/2016 18h 42
O Ministério da Educação (MEC) lançou nesta terça-feira (5), em parceria com o Sesi, um programa de preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio denominado "Hora do Enem". O projeto é composto por simulados online, a plataforma de estudos Geekie Games, um programa televisivo com entrevistas, questões resolvidas e informações sobre o exame e um canal de vídeos online apelidado de Mecflix.
O conteúdo está disponível no site horadoenem.mec.gov.br. Alunos do terceiro ano do ensino médio da rede pública poderão acessar gratuitamente todos os recursos; os de escolas particulares e de outros anos terão acesso gratuito a parte deles.
A plataforma Geekie Games
Desenvolvida pela empresa Geekie, a plataforma cria um plano de estudos personalizado para o aluno com base no curso em que ele quer passar, na quantidade de horas que tem para estudar diariamente e em seus pontos fortes e fracos. Quanto mais ele usa os recursos da plataforma - que dispõe de 600 aulas com vídeos, exercícios e resumos, além de simulados (veja o item seguinte) - , melhores são as recomendações que ele recebe dela para que consiga aprender todo o conteúdo necessário até o dia do Enem. A plataforma já pode ser acessada vianavegador ou por meio de aplicativo para Android.
O Programa Hora do Enem disponibilizará o Geekie Games até o dia 31 de janeiro de 2017 para os alunos matriculados no terceiro ano da rede pública. Quem não pertence a esse grupo ainda pode ter acesso a alguns recursos da plataforma, como as videoaulas.
Simulados
O programa ainda disponibilizará gratuitamente simulados online para todos os alunos do terceiro ano inscritos na plataforma - tanto de escolas públicas quanto de particulares. As provas contam com itens no formato Enem e geram uma nota TRI muito próxima da nota real que o aluno tiraria caso realizasse o exame oficial na mesma data (embora seja importante frisar que a nota do simulado NÃO vale para o Enem). Ao final de cada simulado, o aluno tem acesso a um relatório que traz a comparação de sua nota com a exigida em seu curso e faculdade escolhidos, bem como com a nota média do Brasil.
Veja abaixo o calendário de aplicação das provas:
CALENDÁRIO DE APLICAÇÃO DOS SIMULADOS
As provas serão liberadas apenas durante os seus respectivos dias. Universidades e Institutos federais, instituições privadas e escolas estaduais de ensino médio vão ceder espaço para a realização do simulado para os alunos que não tiverem acesso à Internet.
1º Simulado: 30 de abril
20 questões por área do conhecimento (80 no total)
2º Simulado: 25 de junho
20 questões por área do conhecimento (80 no total)
3º Simulado: 13 de agosto
45 questões por área do conhecimento (180 no total)
4º Simulado: 8 e 9 de outubro
45 questões por área do conhecimento (180 no total)
O programa de TV
Disponível a partir de maio, o programa será exibido de segunda a sexta, a partir das 18h, na TV Escola. Com uma duração de 30 minutos, irá abordar uma área do conhecimento diferente a cada dia da semana por meio de dicas, entrevistas e resoluções comentadas de exercícios que já caíram no Enem. A reprise vai ao ar às 7h e às 13h durante a semana, aos sábados a partir das 15h e aos domingos a partir das 6h. Também será possível baixar os vídeos pela internet.
Mecflix
Disponível a partir de 30 de abril para alunos de escolas públicas e particulares, a biblioteca online de videoaulas permitirá ao estudante montar playlists e salvar aquelas que achar mais interessantes para seus estudos.

quarta-feira, 23 de março de 2016

Prouni abre inscrições para vagas remanescentes

O Programa Universidade para Todos (Prouni) vai oferecer, a partir desta quarta-feira (23), bolsas de estudo que não foram preenchidas no processo de seleção regular. Os interessados poderão se inscrever pelo site doProuni até o dia 31 de março.
O Prouni oferece a estudantes brasileiros de baixa renda bolsas de estudos integrais e parciais (50% da mensalidade) em instituições privadas de ensino superior. Na primeira edição de 2016, o Prouni ofertou 203.602 bolsas para 30.931 cursos. As bolsas que não foram preenchidas nas chamadas regulares serão ofertadas nesta etapa.
Podem concorrer professores da rede pública de ensino, além dos estudantes que fizeram alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010. O candidato não pode ter nota 0 na redação e precisa ter, no mínimo, 450 pontos na média no Enem.
As bolsas integrais são para os candidatos com renda familiar bruta por pessoa de até 1,5 salário mínimo por mês e as bolsas parciais, para os participantes com renda familiar bruta por pessoa de até três salários mínimos. Os professores estão dispensados do critério de renda.
Estudantes que se candidatarem terão dois dias úteis para comprovar as informações prestadas na inscrição nas instituições e ensino. Cabe ao estudante verificar o local, a data e o horário de atendimento e demais procedimentos. 
Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Brasil