quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Em PE, desafio testa habilidade dos feras durante preparação para o Enem

OJE é um banco de questões adaptadas aos assuntos pedidos no exame.
Estudantes podem, ainda, formar times e competir em torneio online.


Já estão abertas as inscrições para a Olimpíada de Jogos Digitais e Educação (OJE), uma plataforma na web para testar os conhecimentos dos feras que vão prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A OJE é um banco de questões e desafios adaptado especialmente para o Projeto Educação, e vai trazer assuntos abordados pelos professores nas reportagens da Globo Nordeste.
Os alunos podem se inscrever gratuitamente e participar dos desafios semana a semana. Também há a possibilidade de montar equipes e concorrer a prêmios. Não é cobrada nenhuma taxa para participar. O site foi lançado neste fim de semana durante o 2º Feirão do Estudante, realizado pelo Papo de Universitário, em Olinda.
A OJE, criada e desenvolvida pela Joy Street, uma empresa de tecnologias educacionais lúdicas, já foi utilizada em escolas públicas de Pernambuco, Sergipe, Acre e do Rio de Janeiro. Agora, vai ajudar os estudantes a se preparar melhor para as provas de outubro - estudando e se divertindo ao mesmo tempo.
"A ideia é pegar um tema e transformá-lo em algo divertido. A ideia é que o aluno aprenda se divertindo. E o professor pode usar o conteúdo em sala de aula", explica Pietro Amaral, game designer que trabalhou na criação dos jogos.
Página de apresentação da Olimpíada Digital do Projeto Educação. (Foto: Reprodução/Facebook)Página de apresentação da Olimpíada Digital do Projeto Educação. (Foto: Reprodução/Facebook)
A plataforma foi criada para exercitar o conhecimento e despertar o interesse dos estudantes pela escola, já que as metodologias usadas em sala de aula ainda estão um pouco distantes da internet. Ela funciona como uma rede social de objetos de aprendizagem, mostrados em forma de desafios que vão despertar as habilidades cognitivas e colaborativas.
Luciano Meira, coordenador de inovação da Joy Street, assume a importância da novidade e defende as novas plataformas e tecnologias. "A gente sabe que os jovens têm um engajamento com esses dispositivos de uma forma especial. Não é que o livro não possa criar esses cenários, mas sendo dessa forma vai criar uma relação melhor", explica.
Os alunos podem participar individualmente, respondendo os desafios e completando missões. Também é possível formar times para competir nos torneios online. Todas as modalidades vêm com conteúdo adaptado ao Enem e ao Projeto Educação.
Como funciona
Primeiramente, é necessário se inscrever no OJE através do site e escolher o perfil do participante, que pode ser aluno ou professor, mesmo que não esteja vinculado a nenhuma instituição de ensino. Depois de fazer o cadastro, informando dados como nome, email, escola, série, cidade e telefone para contato, o usuário terá um perfil com avatar, mural e informações pessoais.
Ao fazer o login, os inscritos serão direcionados à página inicial, podendo navegar por missões e OJE links. Através da barra superior, será possível o acesso ao mural e às solicitações de amizade. E é aí que aparece o conceito de rede social.
As missões são divididas por assuntos dentro daqueles cobrados pelo Enem (natureza, matemática, linguagem e humanas), e os temas são sempre relacionados às reportagens-pílula que vão ao ar no Projeto Educação. Elas devem ser cumpridas ao longo das quatro semanas. Nas missões, além dos minijogos, os inscritos vão responder a Enigmas, que são perguntas com alternativas, onde apenas uma é a correta.
Os OJE links são outra modalidade de atividade disponível na olimpíada. Nele, você recebe uma página da web falando sobre determinado tema e precisa chegar a outra página na web, sobre outro tema na mesma área de interesse, através de links, com o menor número de cliques possível.
  •  
Página Inicial do aluno na OJE, onde são sugeridas missões e atividades. (Foto: Reprodução)Página Inicial do aluno na OJE, onde são sugeridas missões e atividades. (Foto: Reprodução)
Competição
Todos os inscritos poderão participar das aventuras, missões e OJE links. No entanto, para competir no torneio, o aluno deverá criar uma equipe com até cinco membros, sendo um professor. Mesmo que não seja necessário estar matriculado para participar do OJE, é necessário vínculo com alguma instituição de ensino para formar times. Quem não estiver vinculado a nenhuma escola não pode formar equipes e, consequentemente, participar do torneio. Não é possível competir individualmente.
O torneio terá quatro turnos, um por semana, a partir do dia 24 de agosto. Durante cada turno, as equipes vão jogar a fim de acumular pontos. As duas melhores equipes de cada turno vão ser classificadas para a final, que começa no dia 21 de setembro. As equipes que forem desclassificadas semanalmente poderão voltar a competir no turno seguinte. Serão 10 finalistas no total: dois de cada semana e outros dois escolhidos na pontuação geral. O time que fizer mais pontos será o vencedor. A divulgação do resultado final da OJE será no dia 28 de setembro.
Após o fim do torneio, no dia 5 de outubro, começa uma nova fase do OJE, que é o Torneio Individual Expedição Enem. É uma segunda parte que segue até o dia 18 de outubro, com novas missões atreladas ao Projeto Educação. Essa nova competição é feita não mais em equipe, mas individualmente. Apesar disso, quem não estiver vinculado a uma instituição de ensino também não poderá participar.
A OJE do Projeto Educação pode ser acessada através deste link. O Enem será realizado nos dias 24 e 25 de outubro. O exame tem 7,7 milhões de candidatos inscritos.

11 DE AGOSTO - DIA DO ESTUDANTE

A EREM Alfredo de Carvalho comemorou no dia 11 de agosto o dia do estudante. As atividades realizadas foram: a garota e o garoto EREM Alfredo, sorteio de brindes e jogos de futsal masculino e feminino.