terça-feira, 28 de outubro de 2014

Questões do Enem de artes e línguas estrangeiras exigem interpretação

Para professores da área de linguagens, alunos precisam focar nos textos.

Disciplinas de artes e língua estão inseridas na prova de códigos e linguagens.

Catarina Costa Do G1 PI
 
O último dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) requer muito preparo físico e atenção dos estudantes, que costumam ficar cansados com a extensa prova de códigos e linguagens. Além da tradicional redação, português e literatura, o candidato também terá questões de artes e língua estrangeira, podendo ser espanhol ou inglês. O G1 ouviu professores da área que destacaram a necessidade de interpretação para responder as alternativas.

Espanhol
Segundo o professor de espanhol Jesieldo Lima, a prova de língua estrangeira do Enem não tem um conteúdo específico, pois abrange assuntos textuais. "O aluno hoje tem que gostar muito de ler e estar informado dos fatos especialmente na América Latina para responder as questões que são de interpretação", contou.

Para o docente, o modelo do exame não desvalorizou a gramática que passou a cair de forma indireta, especialmente quando se trata de conjunções.
"O candidato tem que focar em textos, identificar as palavras chaves, saber a função da conjunção, ficar atento com os falsos amigos, que são palavras parecidas com o português e que têm outros signficados. O estudante precisa entender o contexto em que a palavra está inserida, especialmente nas charges", frisou.

Inglês
Já na prova de inglês, a professora Liana Marques ressalta que o Enem costuma trazer apenas cinco questões relacionadas às diversidades linguística e cultural. De acordo com a docente, as alternativas são abordadas através de trecho de um poema, uma música, charge ou tema motivacional.

Para Liana Marques, o aluno que tem o hábito da leitura está dentro da concorrência. Segundo ela, muitas vezes o estudante entende o texto em inglês, mas faz a interpretação em português de forma errada. "Dificilmente acontece duas questões para um mesmo texto. O exame cobra principalmente a interpretação e como exercício o estudante tem que ler todo tipo de informação. Com a interdisciplinariedade o aluno precisa saber sobre atualidade, além da gramática", frisou.
No estudo da língua inglesa, a professora destaca a variação linguística cobrada dentro do contexto, como preposição, tempos verbais, voz passiva, discurso direto e indireto, artigos. "São questões interpretativas, não é que a gramática deixou de cair, ela agora é abordada de outra maneira e o aluno precisa estar atualizado", contou.

Artes
A professora Socorro Lopes lembra que o Enem costuma trazer questões com figuras artísticas e para responder a interpretação por parte do candidato é fundamental. "A arte é trabalhada na prova de modo meramente interpretativo. Trata-se de um código visual e o aluno precisa estar preparado para interpretá-lo", pontuou.
A educadora lembra aos estudantes que a arte é história e que ela marca todo o processo evolutivo da humanidade, dos primórdios até a contemporaneidade. Para ela, o estudante precisa ter um conhecimento básico dos estilos e das tendências artísticas que foram contempladas pelo homem em cada fase da história da arte.
"O aluno precisa ter uma visão conceitual da arte, além de saber ler as figuras apresentadas. Se ele souber fazer a leitura de um código visual, saberá desenvolver um conceito correto numa questão do Enem”, disse a docente.

http://g1.globo.com/pi/piaui/educacao/ingresso-universitario/2014/noticia/2014/10/questoes-do-enem-de-artes-e-linguas-estrangeiras-exigem-interpretacao.html

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Enem: cartão de confirmação será divulgado na segunda

Documento será disponibilizado pela internet e também será postado pelos Correios. Exame de 2014 será realizado nos dias 8 e 9 de novembro

Cartão de confirmação do Enem: documento é obrigatório para participar do exame
Cartão de confirmação do Enem: documento é obrigatório para participar do exame (Felipe Cotrim/VEJA)

Os cartões de confirmação de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014 serão divulgados na próxima segunda-feira na página oficial do exame. Para visualizar e imprimir o documento, os candidatos inscritos devem informar número de CPF e senha cadastrados no momento da inscrição. O cartão é obrigatório para o acesso ao local de prova.


De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o cartão também será enviado pelos Correios a todos os candidatos. A versão enviada pelos Correios será igual a disponibilizada no site. Em casos de cartões devolvidos, o MEC informa que entrará em contato com os participantes através SMS e mensagem eletrônica, por celular e e-mail informados no ato da inscrição.

Reta final do Enem: prepare-se estudando 1 hora ao dia

Os cartões de confirmação apresentam os dados pessoais do participante: nome; CPF; número de inscrição no Enem; data, hora e local de realização das provas; opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol), necessidade de atendimento especializado ou específico (quando houver) e indicação de solicitação de certificação do ensino médio (se for o caso).

O Enem 2014 será realizado nos dias 8 e 9 de novembro. No primeiro dia do exame, os participantes terão 4h30 para fazer as provas de ciências humanas e ciências da natureza, cada uma com 45 questões. No segundo dia, serão 5h30 para responder 45 questões de linguagens e 45 de matemática, além de fazer a prova de redação.

domingo, 19 de outubro de 2014

Simulado Enem GUIA DO ESTUDANTE já está disponível online

Estudante poderá iniciar a prova das 10h de sábado (18) até as 16h59 de domingo (19), incluindo o período da madrugada

da redação | 18/10/2014 09h 29
O Simulado Enem GUIA DO ESTUDANTE já está disponível online. A prova poderá ser iniciada a qualquer momento durante as 10h de sábado (18) até as 16h59 de domingo (19). A prova online é gratuita para todos que queiram treinar para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio 2014. Quem ainda quiser se inscrever poderá realizar o cadastro e começar o simulado até o horário previsto.
Duração do Simulado Enem
O simulado ficará disponível por dois dias: das 10h do dia 18 de outubro (sábado) até as 16h59 do dia 19 de outubro (domingo). O estudante poderá começar o teste a qualquer momento durante esse período e terá 4h30min para terminá-la, sem interrupções. Por exemplo: se quiser começar a prova às 10h, terá até as 14h30 para realizar o exame; caso queira começar às 14h, terá até às 18h30; e, ainda, se começar às 16h59, terá até às 21h30 para concluir o simulado.
O pessoal que dorme mais tarde pode até fazer a prova de madrugada. O tempo começará a contar a partir do momento em que a pessoa entrar no site com seus dados.


A prova
O simulado terá 88 questões de múltipla escolha, com as mesmas áreas cobradas pelo Enem:
- Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
- Matemáticas e suas Tecnologias
- Ciências da Natureza e suas Tecnologias
- Ciências Humanas e suas Tecnologias
Resultado
O estudante poderá conferir seu resultado assim que terminar a prova. O GUIA DO ESTUDANTE também irá disponibilizar a resolução comentada das questões na segunda-feira seguinte, 20 de outubro. 

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

UFPE divulga pesos das provas do Enem para o vestibular de 2015

Alunos que concluíram estudos no Agreste e na Zona da Mata terão bônus.
Campus Caruaru terá graduação em comunicação social, no ano que vem.


Do G1 PE
Ana Cabral, pró-reitora para Assuntos Acadêmicos da UFPE (Foto: Katherine Coutinho / G1 PE)Pró-reitora de graduação da UFPE, Ana Cabral detalhou
pesos das provas do Enem para seleção da universidade
(Foto: Katherine Coutinho / G1 PE)
A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) divulgou, nesta segunda-feira (13), os pesos e as notas mínimas diferenciadas que cada prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terá, de acordo com o curso escolhido pelo candidato. As novas regras foram aprovadas após uma reunião do Conselho Coordenador de Ensino, Pesquisa e Extensão, realizada na reitoria da instituição, na Zona Oeste do Recife.
Os pesos serão aplicados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC), ao qual a UFPE também aderiu para o vestibular de 2015. Para montar a tabela de pesos, desde o final de maio, foi reunido o colegiado de cada um dos 100 cursos de graduação presenciais da instituição. Apenas os cursos de dança, música e bacharelado em química não utilizarão o Sisu como meio de ingresso à instituição por requisitarem uma segunda fase de testes de habilidade específicos.
Confira a lista dos pesos e das notas mínimas dos cursos da UFPE para a seleção 2015:
» Cursos fora do Sisu
» Cursos que usam o Sisu: parte 1 | parte 2
Bônus regional e nova graduação
Além da divulgação dos pesos, a pró-reitora de graduação da universidade, Ana Cabral, anunciou um "bônus regional", que será um acréscimo de 10% da nota do Enem na nota final dos alunos que concluíram os ensinos fundamental e médio, integralmente, em escolas públicas ou privadas da Zona da Mata ou do Agreste e pretendem estudar nos campi de Vitória de Santo Antão ou Caruaru.
O bônus não pode ser somado aos 10% destinados ao sistema de cotas. "Ou o aluno é cotista ou usa o bônus. O objetivo é fixar futuros profissionais na região e garantir o desenvolvimento regional com profissionais ativos, que se estruturam e corroboram com a melhoria econômica e social da região", diz Ana Cabral.
Outra novidade é a aprovação do novo curso de comunicação social do campus do Agreste, em Caruaru. "O curso terá início no segundo semestre de 2015", conta a pró-reitora. Ainda não há uma definição de quais habilitações serão oferecidas, porque o perfil está sendo definido. Em termos de peso do Enem, a nova graduação equivale ao curso de jornalismo, oferecido no Recife.
tópicos:

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Vestibular Anhanguera 2015

Inscreva-se

Mais um Vestibular aberto para vocês alunos do 3º ano. Acessem o link abaixo e vejam:

Vestibular Anhanguera 2015

Prezada Professora, Prezado Professor!


Mais um 15 de outubro juntos!  Especialmente nesse, que marca o final de um ciclo de governança, é hora de agradecer. Agradecer a vocês, Professora e Professor, que abraçaram a educação. Especialmente a causa do ensino médio integral, renovando a crença na capacidade de uma nova proposta educativa de inspirar e modificar o ensino e a aprendizagem. E vocês entenderam, aceitaram e souberam por em prática em nossas escolas a educação interdimensional concebida por nosso grande mestre, o educador Antonio Carlos Gomes da Costa.

Agradecemos pelos jovens que ingressaram na sua escola, na sua sala de aula sem coragem de sonhar e aprenderam a crer e a viver a busca da conquista de seus  sonhos mais ousados;
Agradecemos pelas famílias desses jovens cujo futuro iluminou-se de novas possibilidades;
Agradecemos pela comunidade de origem desses jovens que fica fortalecida social e economicamente a partir da presença dos seus egressos do ensino médio integral;
Agradecemos por Permambuco,  que conseguiu com o seu trabalho, Professora  e  Professor, mostrar para o Brasil como se faz uma política  pública  de sucesso;
Agradecemos ousadamente por nosso País, que agora tem a sua disposição para disseminação nacional, uma proposta de política  pública  de ensino médio integral experimentada, vivenciada e  avaliada durante sete anos por 327 escolas, 5 mil educadores e  mais de 150 mil estudantes  pernambucanos.

A vocês, Professora e Professor, nossos Parabéns e nosso MUITO OBRIGADO pelo testemunho da veracidade da afirmativa feita por Malala Yousafzai, jovem paquistanesa ganhadora do Premio Nobel da Paz – Uma Professora, um estudante e um livro podem mudar o mundo...

FELIZ DIA DO (A) PROFESSOR (A)!

PAULO DUTRA

Secretário Executivo de Educação Profissional