quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Sisu 2017: Pernambuco terá mais de 13 mil vagas

Estudantes de todo o País acordam nesta quarta-feira ansiosos com duas informações importantes para eles: qual a nota que tiraram no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), realizado ano passado, e quando começarão as inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), processo que substitui o vestibular da maioria das universidades públicas do País. O acesso ao desempenho individual no Enem será liberado hoje, assim como o cronograma do Sisu. Em Pernambuco há 13.955 vagas, segundo as seis instituições que integram o sistema – UFPE, UFRPE, UPE, Univasf, IFPE e IF do Sertão.
Os 6 milhões de pessoas que fizeram o Enem ano passado saberão quanto tiraram em cada uma das quatro provas do exame: ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e matemática. Também terão acesso à nota da redação. Até ontem à noite o MEC não havia informado o horário que os resultados estarão disponíveis.
Além de concorrer às vagas do Sisu, quem fez o Enem pode concorrer a bolsas em faculdades particulares por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni) ou participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o antigo crédito educativo.
UFPE é a instituição com mais vagas, no Estado, no Sisu. Serão 6.952, nas cidades de Recife, Vitória de Santo Antão e Caruaru. A Rural terá 3.560 vagas (Recife, Cabo, Garanhuns e Serra Talhada). A terceira com mais vagas é a UPE, com 1.730 vagas em 10 cidades. A Univasf terá, só em Pernambuco, 720 vagas, todas em Petrolina. Outras 810 vão para cursos de câmpus na Bahia e no Piauí. Os dois institutos federais somarão 993 (384 no IFPE e 609 no IF Sertão).
Igor Leal, 17 anos, e Felipe Mororó, 19, estão ansiosos para saber o desempenho deles no exame. “Espero tirar uma boa nota na redação. Também gostei das provas de linguagens e história. Deixei de viajar para a praia para esperar a nota do Enem e as inscrições no Sisu”, contou Igor, que pretende concorrer a uma vaga de medicina.
Felipe fez o mesmo. Adiou uma viagem para a casa do avô, no Ceará. “Estou muito ansioso para ver minhas notas”, afirmou o candidato de engenharia de produção. Ambos estudaram no Colégio Santa Maria.
O SISU EM PERNAMBUCO
UFPE
6.952 vagas em 96 cursos
3.470 vagas serão para ampla concorrência
3.482 vagas para cotistas
UFRPE
3.560 vagas em 44 cursos
1.980 vagas são no Recife e 300 no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife
720 vagas em Serra Talhada e 560 em Garanhuns
UPE
1.730 vagas em 64 cursos
1.384 vagas são para ampla concorrência
346 vagas para cotistas
Univasf*
720 vagas em 11 cursos ofertados em Petrolina
* há mais 810 vagas em cursos ministrados na Bahia e no Piauí
IFPE
384 vagas em nove cursos
264 são no Recife
40 em Barreiros
80 em Pesqueira
IF do Sertão Pernambucano (IF-Sertão)
609 vagas em 20 cursos
282 vagas ofertadas para ampla concorrência
307 vagas ofertadas para cotistas

http://tvjornal.ne10.uol.com.br/noticia/ultimas/2017/01/18/sisu-2017-pernambuco-tera-mais-de-13-mil-vagas-28561.php

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

CNH Popular 2017 - Inscrições abertas

CNH Popular 2017 - Inscrições abertas


O Programa Popular de Formação, Qualificação e Habilitação Profissional de Condutores de Veículos Automotores beneficia a população pernambucana, emitindo a Carteira Nacional de Habilitação gratuitamente. Em 2017, serão ofertadas 5.300 mil CNHs populares. Desde a criação do projeto, em 2008, mais de 120 mil pernambucanos já obtiveram o documento gratuitamente.
Antes da inscrição, é importante ressaltar a todos os candidatos da importância da leitura atenta da portaria e do decreto que estarão publicados no site do DETRAN-PE. Neles, encontram-se as regras fundamentais estabelecidas para a participação no processo de seleção. Dessa forma, evita-se a desclassificação por informações incorretas ou que não atendam aos requisitos.
Edital de Abertura de Inscrições nº 001/2016 - Retificado
Faça sua inscrição, clique aqui!
Consulte sua inscrição, clique aqui!
Altere sua inscrição, clique aqui!
Informe os dados escolares, clique aqui!

    PERGUNTAS FREQUENTES
    AGENDAMENTO DE ATENDIMENTO PARA VALIDAÇÃO DE INSCRIÇÃO

    Todo atendimento do programa para validação de inscrição será feito através de agendamento. Se você recebeu sua carta convocatória, e-mail ou viu seu nome na lista dos selecionados, deve agendar seu atendimento no link abaixo:
    Agendamento do serviço CNH POPULAR
    RESULTADO DAS EDIÇÕES ANTERIORES
    Clique aqui e confira os resultados das edições anteriores (2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015).

    Quem pode participar: 
    Beneficiários dos Programas Bolsa Família e Chapéu de Palha, os egressos do sistema penitenciário, socioeducandos da FUNASE, desempregados, alunos do ensino médio e fundamental da rede pública estadual e os trabalhadores com remuneração mensal de até dois salários mínimos, além dos alunos da rede pública estadual de ensino com boas colocações no ENEM.
    REQUISITOS
    Além de se enquadrar num dos segmentos citados, os candidatos devem preencher os requisitos legais.
    Os inscritos para Primeira Habilitação devem ser maiores de 18 anos, saber ler e escrever, possuir Documento de Identidade e Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovar domicílio no Estado de Pernambuco e não estar judicialmente impedido de tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
    Os candidatos que aspiram à Mudança de Categoria e que desejarem se habilitar na Categoria “C” já devem estar habilitados na Categoria “B” há, no mínimo, um ano, e não ter cometido nenhuma infração de natureza grave ou gravíssima nem ser reincidente em cometimento infração média nos últimos 12 meses.
    Para habilitação na categoria “D”, é exigido que os candidatos sejam maiores de 21 anos e habilitados na categoria “B” há no mínimo dois anos, ou na Categoria “C”, há no mínimo um ano, e não ter cometido as infrações citadas anteriormente.
    Já para quem deseja a mudança para categoria “E” deve ter no mínimo um ano na “C” ou na “D”, possuir mais de 21 anos e não ter praticado as mesmas infrações já referidas.
    Para Renovação de Exames, é necessário que o candidato possua CNH vencida ou a vencer em, no máximo, 30 dias e que não seja permissionário.
    Só serão habilitados os candidatos que forem aprovados nos exames psicológico, médico, teórico e prático pertinente a cada Serviço de Habilitação, e após terem cumprido a carga horária dos cursos teóricos e práticos necessários para a categoria solicitada nos Centros de Formação de Condutores (CFCs).
    SERVIÇO
    Confira o cronograma do Programa CNH Popular 2017:
    Inscrições das inscrições14/11/2016
    Fim das Inscrições04/12/2016
    Resultado da classificação14/12/2016
    Convocação de selecionados10/01/2017

    DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA VALIDAÇÃO DA INSCRIÇÃO

    De todos os segmentos:
    a) Documento oficial de identificação: Documento de Identidade – RG, Carteira Nacional de Habilitação – CNH, Carteira de Trabalho – CTPS ou Carteira de Reservista (original e 02 fotocópias);
    b) Cadastro de Pessoa Física – CPF (original e 02 fotocópias);
    c) Certidão de Nascimento dos filhos e Termo de Guarda, Tutela ou Curatela dos menores de quem é responsável, se houver (original e fotocópia);
    d) Certidão de Casamento, Declaração de União Estável ou RG e CPF do cônjuge, se houver (original e fotocópia);
    e) Comprovante de residência ou domicílio no Estado de Pernambuco (original e fotocópia);

    De cada segmento:
    1 – Para desempregado com renda familiar mensal até 03 (três) salários:
    f) Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS e/ou último Contrato de Trabalho (original e fotocópia).

    2 – Para pessoa que comprovadamente nunca trabalhou e que possui renda familiar mensal até 03 (três) salários mínimos:
    f) Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS (original e fotocópia).

    3 – Para beneficiário do Programa Bolsa Família:
    f) Cartão do Programa Bolsa Família em nome do candidato, ou declaração da Prefeitura, Caixa Econômica Federal ou outro órgão competente que comprove sua participação no programa.
    4 – Para aluno do ensino público (médio ou fundamental), ex-aluno do ensino público (médio ou fundamental) concluído em até 1 (um) ano e aluno do público – EJA, Travessia ou Supletivo:
    f) Declaração Escolar (impressa no ato da inscrição) assinada e carimbada pelo diretor da escola;
    g) Comprovante de Matrícula (exceto para ex-aluno).
    5 – Para trabalhador com remuneração de até 02 (dois) salários mínimos:
    f) Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS e/ou último Contrato de Trabalho e/ou contracheque (original e fotocópia).

    Observação: toda documentação deve fazer referência à data de inscrição no programa, conforme Portaria DP 954/2009, Art 9º, § 2º.

    quarta-feira, 12 de outubro de 2016

    Simulado do Enem estará disponível até domingo

    abrina Craide - Repórter da Agência Brasil
    Os estudantes que participarão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em novembro próximo, podem aproveitar o feriado desta quarta-feira (12) para dar uma reforçada nos estudos e testar seus conhecimentos no simulado online da plataforma Hora do Enem, que ficará disponível até domingo (16). Nesta semana, muitas escolas emendam o feriado de Nossa Senhora Aparecida com o Dia dos Professores, que fica conhecida como “semana do saco cheio”.
    Este é o quarto e último simulado antes das provas do Enem. O teste está dividido em duas provas, somando 180 questões. Como são testes longos, o recomendável é que sejam feitos em dois dias, assim como ocorre no Enem. É obrigatório fazer a prova do primeiro dia antes da prova do segundo dia.
    Depois da prova, os estudantes terão acesso a um ranking para comparar o seu desempenho com os outros candidatos que buscam a mesma universidade ou curso. As provas do Enem estão marcadas para os dias 5 e 6 de novembro.
    A plataforma Hora do Enem pode ser acessada por computador, smartphone ou tablet. Além do simulado, também é possível acessar boletins de notícias com informações sobre o Enem, programas de TV com dicas e conteúdos, questões resolvidas e comentadas, videoaulas e uma plataforma de estudos personalizada com planos de estudos, exercícios e simulados on-line.

    Edição: Fernando Fraga

    CONCORRÊNCIA DO VESTIBULAR DA UPE

    Segue o link para visualizar a concorrência do Vestibular da UPE:

    http://processodeingresso.upe.pe.gov.br/arquivos/SSA3/EVOLUCAO_concorrencia_2017.pdf

    segunda-feira, 11 de julho de 2016

    INSCRIÇÃO VESTIBULAR SERIADO 2016

    ATENÇÃO! 

    As inscrições para o Vestibular Seriado já estão abertas. Para isso siga as orientações abaixo. Lembrando que o período de inscrição é o seguinte:

    Vestibular Seriado: 11/07 até 12/08/2016
    Solicitação de isenção (candidatos com o NIS): de 11 a 15/07/2016
    Taxa de pagamento: R$ 90,00 com pagamento até o dia 16/08/2016

    Acesse o site e leia as dicas de inscrição: Lembrando que isso vale para todas as turmas de 1º, 2º e 3º ano.
    DICAS PARA INSCRIÇÃO SSA1

    DICA PARA INSCRIÇÃO SSA2

    DICA DE INSCRIÇÃO SSA3

    Em seguida leia os manuais de inscrição:

    MANUAL SSA1

    MANUAL SSA2

    MANUAL SSA3


    Depois realize sua inscrição:

    http://processodeingresso.upe.pe.gov.br/


    Boa sorte a todos!




    segunda-feira, 9 de maio de 2016

    INSCRIÇÃO DO ENEM 2016 - DE 09 A 20 DE MAIO

    Para realizar sua inscrição acesse o link abaixo:

    http://enem.inep.gov.br/




    Para que serve o Enem?
    Criado para avaliar os conhecimentos dos estudantes que concluíram o ensino médio, a prova também substitui vestibulares no acesso a instituições federais de ensino superior. No entanto, essa não é sua única função.
    As notas do Enem podem ser usadas por quem tem mais de 18 anos para obter a diploma do ensino médio. Também são exigidas para o candidato que pretende uma bolsa de estudos pelo ProUni ou financiamento estudantil pelo Fies.
    O Ciência sem Fronteiras é outro programa federal que pede boas notas no exame nacional como critério de seleção.
    Veja abaixo as funções do Enem e suas regras:
    Seleção para universidades
    As notas do Enem são usadas para selecionar alunos para as vagas em universidades federais e outras instituições de ensino.
    As universidades podem usar o Enem como único método de seleção, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), ou fazer uma combinação entre as notas do Enem e seu vestibular próprio. O Sisu já recebeu a adesão da maioria das universidades e institutos federais e, na última edição, ofereceu mais de 205 mil vagas.
    Programa Universidades Para Todos (Prouni)
    Para disputar uma bolsa de estudos do Prouni, que varia de 50% a 100% do curso de uma instituição de ensino superior privada, o candidato precisa ter obtido nota mínima de 450 pontos no Enem e não pode ter zerado a redação. Na última edição do programa, foram ofertadas 213.113 bolsas em 1.117 instituições.
    Financiamento Estudantil (Fies)
    Estudantes que concluíram o ensino médio a partir de 2010 e querem solicitar o Fies devem ter feito Enem, caso contrário, não poderão solicitar o benefício. A partir deste ano, o candidato precisa ter obtido 450 pontos no exame nacional e não pode ter zerado a redação.
    Pelo Fies é possível financiar os cursos de graduação bem avaliados junto ao MEC. A taxa de juros é de 3,4% ao ano para todos os cursos. Ele pode ser solicitado pelo estudante em qualquer etapa do curso e em qualquer mês.
    Seleção para ensino técnico (Sisutec)
    Quem estiver interessado em uma vaga gratuita de cursos técnicos oferecidos em instituições públicas e privadas pelo Sisutec deverá ter feito as provas do Enem. As notas no exame serão usadas para classificação dos concorrentes.
    Ciência Sem Fronteiras
    O programa do governo federal oferece bolsas de estudo para intercâmbios no exterior destinado a alunos de graduação e pós. Para participar da seleção de bolsas durante a graduação, é preciso ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2009 e conseguido a média mínima de 600 pontos. Os candidatos também são avaliados de acordo com seu aproveitamento acadêmico na universidade.
    Certificação para o Ensino Médio
    Quem tem no mínimo 18 anos e não concluiu o ensino médio pode conseguir a certificação por meio do Enem. A pontuação mínima é 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e 500 pontos na redação.